16 dezembro 2014

BAILE NOITE BRANCA

Mais uma vez nos reunimos para agradecer e celebrar.
Agradecer as bênçãos recebidas em 2014: o sol que nos aqueceu, a chuva que caiu para molhar a terra e saciar nossa sede, o alimento do corpo e da alma, os parceiros de caminhada....que a gratidão esteja sempre presente em nossos corações .
Celebrar a união, representada nessa roda pelas mãos dadas que amparavam e transmitiam energia; a harmonia dos passos sincronizados; a alegria nos sorrisos de cada rosto; o amor, no abraço acolhedor.
Celebrar o presente da vida na simplicidade da dança circular; pedindo, e desejando a todos, paz no ano que se inicia.    













"Foi mesmo especial. Encerramos nosso ano dançante com chaves de ouro"  (Cristina Valcanaia)

"Emocionante...momentos inesquecíveis...apaixonantes...belas danças...parabéns Cristiane Silveira de Souza." (Eloá Assis)

"Evento lindo! Que em 2015 possamos dançar e celebrar sempre a amizade!"Aprender a confiar."" (Juliana Pereira Guimarães).

"Momento singular de real leveza e harmonia. Sou grata a todos."  (Lilian Nogueira)

"Delícia de baile. Sou grata, Cris. Sou grata, roda."  (Rosane Nogueira Alves Albano)

"Foi divina a noite." (Simone Schambek Andrade Milak)

"Encontro leve e harmonioso. AgraDERCIda Cristiane Silveira de Souza." (Derci Wotmeyer)

"Foi o meu primeiro baile, pois não vou deixar de dançar mais, maravilhoso, amei tudo, perfeito. Agradecer a uma pessoa por ter me levado para a dança circular, Simone Schambek Andrade Milak."  (Elizabete Ribeiro)

"Amamos tudo."  (Fernanda de Souza Fernandes)

"Roda de harmonia, de amizades e alegrias..."  (William Marcos Machado)

"...me encantei com a leveza da dança, viajando ao encontro da minha essência...entendendo cada vez mais que somos somente uma partícula de todo um universo..."  (Nadir Kulkamp Tibes)

"Quando meus pés se encontram com seus pés, sinto que não estou sozinha nesta jornada.
Quando tropeço no outro e você me apoia, percebo que tudo na vida tem uma razão.
Quando meu olhar esbarra no seu, meu coração me avisa que ter você como amigo me sustenta.
Quando você se transforma em minhas asas, acredito e confio que ser anjo é fazer o bem silenciosamente.
Quando desperto do movimento do meu corpo, arrepio-me com o suor da sua mão, tendo a certeza de que a serenidade e a paciência são os melhores aprendizados desta vida.
Gratidão por dançar com vocês, meus amigos!"  (Paula Oliveira da Silva)


Um comentário:

  1. Foi uma bela noite com reconexão com o que é mais sagrado em nós.

    ResponderExcluir